Centro Ciência Viva de Estremoz

Um sistema chamado Terra. Como se formou? Como evoluiu? Para onde vai? As respostas a estas questões estão na exposição do Centro Ciência Viva de Estremoz, cuja visita será de horas ou minutos. Perceber a Terra é, em primeiro lugar, compreender como ela se formou e a sua relação com o Universo. Depois… basta perceber de onde vem e como funciona a energia do nosso Planeta. Tarefa impossível de tão vasta? Talvez não! Sente-se preparado para conduzir um submarino? Quer ver o que acontece a uma bola de pingue-pongue “mergulhada” a 2000 metros de profundidade? Aos comandos do Rovin dos Mares, participe numa viagem que o levará a submergir num oceano com 500 milhões de anos regressando à actualidade em pleno Oceano Atlântico do século XXI.

Se hoje em dia a ciência está e é produzida principalmente nas universidades e nos laboratórios de investigação, tempos houve em que os conventos surgiam não só como locais de culto, mas também como templos do saber. O Centro Ciência Viva de Estremoz ocupa uma parte importante do Convento das Maltezas e é ainda um dos polos da Universidade de Évora. Um Sistema solar à escala do concelho de Estremoz, um vulcão com quatro metros de altura e a réplica de um T-Rex à escala são alguns dos módulos mais emblemáticos deste Centro que é uma referência na divulgação da ciência no Alto Alentejo.

Espaço Ciência – Convento das Maltezas, 7100-513 Estremoz
268 334 285 | ccvestremoz@uevora.pt | http://www.ccvestremoz.uevora.pt
38º 50’34,79” N / 7º 35’07,17” O