Pavilhão do Conhecimento – Ciência Viva

Aberto ao público desde 1999 na zona do Parque das Nações, em Lisboa, o Pavilhão do Conhecimento – Ciência Viva é o maior centro de ciência e tecnologia do país. Grandes exposições temáticas nas áreas da Física, Matemática, Química, Biologia e Ciências Sociais e centenas de módulos interactivos tornam este centro numa casa de ciência para todos.

Ao longo de 4000 m2, os visitantes são convidados a descobrir que a ciência está em tudo o que nos rodeia. Guiar um carro de rodas-quadradas, pilotar um foguetão, tocar num tornado, pedalar uma bicicleta suspensa a vários metros do solo e deitar-se numa cama de pregos são algumas das experiências propostas.

A restante programação é preenchida por actividades de Laboratório e na Cozinha que também é um laboratório, conversas com investigadores, actividades experimentais, dias temáticos, projecção de filmes e peças de teatro onde a ciência é o guião.

Largo José Mariano Gago, 1990-223 Lisboa

21 891 71 00

 


Planetário Calouste Gulbenkian – Centro Ciência Viva

O Homem já lançou satélites artificiais, caminhou na Lua e enviou sondas para os confins do Sistema Solar. Estuda-se a possibilidade de estabelecer colónias espaciais noutros planetas. Apesar de todos estes avanços científicos e tecnológicos da nossa espécie, a maioria dos cidadãos pouco sabe acerca do Sol, da Lua, das estrelas e até mesmo do seu próprio planeta.

O Planetário Calouste Gulbenkian – Centro Ciência Viva propõe uma viagem fascinante ao Universo, desde o Big Bang até às viagens espaciais e ao telescópio espacial Hubble. Inaugurado em 1965, é um dos maiores planetários do mundo e dedica-se à promoção do interesse pela ciência e pela tecnologia, em especial na área da Astronomia. Possui uma cúpula de 23 metros de diâmetro interior e um equipamento de projecção de ponta. Desde a sua inauguração já recebeu perto de 4 milhões de visitantes, muitos em visitas de estudo.